Abel desfalca Palmeiras

Abel desfalca Palmeiras no Brasileirão por dois jogos, após expulsão contra o Flamengo

Depois de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro nesta rodada com a vitória sobre o Grêmio e o tropeço do Atlético-PR e do Red Bull Bragantino, o Palmeiras terá que prescindir de Abel Ferreira nos próximos dois jogos. Nesta quinta-feira (08), os portugueses apresentaram recurso de expulsão da Supertaça – na final contra o Flamengo – julgada pelo STJD e acabaram suspensos nos duelos contra Santos e Atlético-GO.

Na primeira decisão do STJD, Abel havia sido punido com suspensão de um jogo. O efeito suspensivo concedido ao departamento jurídico do Verdão liberou o técnico do comando do time até que o recurso fosse analisado no Plenário, que decidiu por unanimidade a punição.

Na decisão da Supertaça, em abril, Abel foi expulso por Leandro Vuaden na primeira fase. No resumo, o árbitro afirmou ter-se ofendido com os portugueses, facto desmentido pelo treinador em conferência de imprensa pós-jogo.

Nas redes sociais, os torcedores do Palmeiras zombaram por unanimidade da decisão do STJD, que “faltou”. O momento de punição para Abel – justamente quando o time chega à primeira colocação na classificação – também causou rebuliço.

Assim, o auxiliar João Martins deve liderar o time contra o Santos, neste sábado (10), às 16h30, no Allianz Parque, e contra o Atlético-GO, no domingo seguinte, às 16h, em Goiânia. Abel, porém, é liberado para liderar o Palmeiras contra o Universidad Católica, na próxima terça (13), pelas oitavas de final da Libertadores.


PRÓXIMO ARTIGO →